sábado, 14 de abril de 2012

Mais um... (Castro)


Assim começou o pedal de hoje. Padaria, dois pães de queijo e um choco milk com a bela vista a bike! O passeio era para Castro, tudo combinado pela net para sair as 9 da bike adventure. Saimos em 5 pessoas e seguiriamos pela estrada velha até Carambeí, lá pegaríamos uma parte da trilha da montanha russa, saindo no pedágio e depois asfalto até Castro.
Essa estradinha até Carambeí era nova pra mim, e mais um teste pra bike, que foi muito bem por sinal. Pela estrada podemos ver o rio Pitangui e uma das pontes para o Alagados.





Seguindo pela terra passamos ainda por algumas subidas bem razoáveis, mas nada exageradas, e fomos seguindo nossa viagem.






Até encontrar a rodovia novamente, fomos fazendo um pouco de força.


No posto rolaram as fotos das bikes, reabastecemos água e isotônico.





E ai fomos para a estrada da montanha russa, no começo era asfalto e depois um trecho de terra.



Saindo no asfalto, eu e o Ariel que íamos na frente paramos num ponto de ônibus para esperar o resto do grupo. Nessa parada o grupo passou e não nos viu, a cara de desespero achando que a gente tinha sumido na frente foi muito engraçado de ver.
No asfalto a média sumiu bem, mas podia ser maior se o vento não estivesse contra.


Ai passando as placas da estrada e eis que alguns amigos se identificam!

Com direito a imitação!


E a fome começou a apertar, mas ai já faltava pouco



E finalmente chegamos na cidade!



Entrando na cidade fomos para a Prainha procurar onde comer. Lá, mais algumas fotos e o estômago roncando



Mas para nossa alegria estava tudo fechado e o único bar aberto não servia lanches, tinha só ovo em conserva e enrolado de vina. Resolvemos ir pro centro e consegui tirar as últimas fotos da prainha antes de começar a chover, dali pra frente não tivemos mais fotos...




Alias, tem a foto das bikes dentro do restaurante Casantiga que nos recebeu muito bem e ainda permitiu guardar as bikes dentro do restaurante.


Ai a comida rolou solta, feito o período de digestão...as 14:00 saímos rumo a rodovia pra começar a volta, nesse momento não chovia.
Na BR encontramos o Eduardo Bandil que tinha ido nos encontrar. O pedal vinha rendendo muito bem até as proximidades do pedágio, quando a chuva voltou. A chuva não era forte e refrescou bem, mas ela foi piorando e piorando e passando o pedágio até o próximo ponto em que era possível se esconder, levamos uma saraivada de granizo. Enquanto esperávamos passou uma viatura da polícia rodoviária e deu uma buzinada, só acenamos de volta, mas guardem esse fato.
Escondidos na cobertura, esperamos a chuva diminuir bem e saímos de novo, nessa parte é uma descida muito grande e todos molhados, o frio pegou de jeito e deu pra ouvir queixo batendo! Mas o frio passou quando vimos a viatura da polícia do outro lado da pista e um grito no megafone: "Vai Marcão! Pedala aí!" não teve como não rir, foi a tirada do dia.
Chegando em Carambeí paramos pra pegar água, e nisso perdemos o Ariel que estava na frente e não viu a gente parar. Entramos na estrada velha procurando por ela, mas nada. ele só nos encontrou uns 10km pra frente porque ele parou num posto mais pra frente do nosso e ficou esperando por nós quase meia hora antes de entrar na estrada.
De bike nova e a estrada de terra toda molhada aproveitei pra curtir, era terra pra todo lado, não era barro, era só areia molhada, que permitiu manter um bom ritmo. Mas do nada minha bermuda enroscou na blocagem do selin e abriu, rasgando a bermuda também, ainda bem que não era a bermuda de ciclismo. Quando parei pra arrumar a blocagem o pneu do Eduardo furou e já ficamos mais uns minutos ali parados.
Dali pra frente foi só alegria até chegar nos asfalto, lá a média voltou a subir mas logo furou o pneu do Ariel e dali uma parte já seguiu subindo a Slavieiro e eu fiquei pra trás com ele, fizemos um caminho alternativo pro campus que  poupou uma boa subida. Mas pra não sair tão barato assim, a chuva voltou, mas pelo menos dessa vez ela lavou toda a bike.
Cheguei em casa as 17:23 todo ensopado e com 105km completos com média de 18,8km/h.
Um pedal muito bom pra um sábado nublado!

Grande Abraço