segunda-feira, 1 de julho de 2013

Mais um...(Ciclofaixa)

Boa noite,

Bem, nem todos sabem mais passei esse fim de semana em Presidente Prudente acompanhando minha avó que ainda esta hospitalizada (e que graças a Deus deve sair amanhã). E como vocês devem estar imaginando, eu realmente não fui pedalar com a Vó no hospital. Por isso o post de hoje n'~ao é um relato sobre um pedal, mas uma constatação de como locais diferentes pensam diferente e agem diferente.
Sou nascido em Prudente, depois fui morar em Maringá e agora estudo em Ponta Grossa, e posso dizer que são cidades muito diferentes em todos os seus sentidos. Prudente é a menor delas, nem de longe a melhor, economicamente falando, mas tem um espírito diferente das outras duas, talvez, simplesmente por ser paulista. Mas fato é que no domingo fui almoçar na casa de uma tia enquanto meu pai ficava no hospital por um período, e ai tive minha surpresa. Existe um grande parque nessa cidade, o Parque do Povo. ele tem quase 5km de comprimento e uma quadra de largura, formando de certa forma um corredor na cidade. Ela é muito utilizado pra prática de muitos esportes e inclusive foi onde aprendi a pedalar, ou pelo menos é onde me lembro de dar as primeiras voltas.
Nesse parque existe uma pista destinada as bicicletas, e que não é lá muito respeitada.
 
Essa pista por si só já é algo diferente do que existe nas outras duas cidades, principalmente quando falamos de Ponta Grossa. Mas a surpresa nada tem a ver com isso. Vejam que se trata de um parqueque já tem um local apropriado para as bikes, e mesmo assim, sabe o eu fizeram?
Domingo das 8 ao meio dia, eles tomam uma parte de uma avenida que passa ao lado do parque e fecham para as bikes. Incrível se ter um espaço exclusivo e mesmo assim se abrir outro praticamente ao lado. Isso, pra mim, só mostra o respeito com o cidadão. Maringá recentemente tem feito o mesmo no Parque do Ingá, o diferente é que em Maringá não existe ali um espaço que já seja do ciclista, por isso me soa mais como algo que deveria ter sido feito a bastante tempo. E Ponta Grossa...bem, essa tem muito lugar para os ciclistas pedalarem, o problema é que são as trilhas do MTB, para passeios na cidade, eu ainda desconheço um lugar que dê essa segurança ao ciclista.
Vejam o vídeo que fiz com o celular, as crianças pedalando pelo asfalto, passam ao lado dos carros desacompanhadas e totalmente seguras.

Abraço!