quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Mais um....(Pedal de casal)


Bom dia,

Pessoal, faz uns dias que não posto nada aqui, mas porque esses últimos dias tenho saído pra pedais mais curtos, e sem lugares muito legais pra registrar. Foram 3 pedais noturnos, uma ida pro clube e esse pedal que vou relatar agora. Mas antes, esses pedais estão curtinhos assim por uma causa muito nobre, pelo menos pra mim. A Amanda chegou da Itália e finalmente comprou a bike rs rs. Ai os pedais desses últimos dias estão sendo pra ensinar ela e ajudar ela pegar um ritmo.
Sendo assim, fizemos alguns pedais mais curtos, máximo de 20km e ritmo tranquilo, e sendo Ponta Grossa, não teve como fugir de algumas subidas. O bom é que a bike dela anda bem legal, peças muito boas e baixo peso da Amanda, ajudam a render bem o pedal, mesmo ela não tendo tanta confiança assim no seu equilíbrio. Depois de uma semana com 4 passeios, no domingo resolvemos fazer uma espécie de desafio.
A gente resolveu fazer a Estrada Velha pra Carambeí até o posto Menegatti, tem vários relatos aqui de pedais que passam por lá, é um caminho de bastante subida, um tantinho pesado pra quem esta começando, mas bem gostoso de fazer. Marquei de encontrar ela as 8:30 na casa dela porque ainda ia ter de trocar o selim dela com o meu, já que o dela estava machucando ela. Me atrasei um pouco, dormi demais, mas cheguei lá com tempo suficiente ainda. Selins trocados, coloquei as bikes no carro e fomos até o posto BV perto da UTFPR. Nosso pedal começaria de lá.

O tempo não estava dos melhores quando começamos o pedal, várias nuvens e um frio bem chatinho. O jeito foi sair com um blusa e gorro. Pra Amanda, jaqueta e luvas. Saímos pela UTFPR e até ela se adaptar com andar na terra e os buracos, levou um tempinho, ainda existe medo dos buracos, medo de queda, que é bem compreensível.
Saímos dessa estradinha na porta do clube Verde e entramos na estrada velha de verdade. O ritmo foi quase bem tranquilo, sem forçar, e foi ficando mais gostoso porque o sol foi aparecendo e já fazia um calorzinho gostoso, não suficiente pra tirar as blusas, mas bem gostoso de pedalar. E fomos subindo.






Em 1:12h a gente estava no posto Menegatti, eu orgulhoso demais, e a Amanda....com fome! Pegamos alguma coisa pra comer, água gelada, descansamos um pouco, esquecemos de tirar uma foto pra mostrar que fomos até lá, e resolvemos fazer a volta.
Como ainda existe o medo dos buracos com a velocidade, e a volta é praticamente descida, preferimos voltar pelo asfalto. E não é que depois de andar um pouco na terra, a Amanda se soltou no asfalto e desceu com velocidade de gente grande. No vídeo mostra até 29km/h mas foi mais longe, chegou até 42km/h. Pra quem tem a bike a uma semana, achei muito bom.
Ainda fizemos duas subidas mais fortinhas até voltar ao carro, nada assustador, mas empolgante ver ela subindo sem grandes dificuldades. No posto foi só por as bikes no rack de novo.

E ai correr pra casa da Sogra, que havia uma bela lasanha nos aguardando! Assim fica bem mais fácil sair pedalar. rs rs
Aos poucos vamos pegando mais ritmo, e pra logo haverá uma boa surpresa por aqui. Um passeio bem legal. Aguardem.
E agora....o vídeo desse passeio. Bem simples, mas ainda é um dos eu mais gostei de fazer. Muito orgulho dessa moça.


E foi isso.

Grande Abraço a todos!